Como economizar em tempos de crise



A roupa que vestimos mostra muito da nossa personalidade. Independente de
seguir padrões ou etiquetas, quem não gosta de revelar um pouco de si, ou até
mesmo vestir um personagem? Mas o que fazer quando a grana está curta ou
quando aquela peça que vai dar um toque todo especial no look não está mais
disponível no mercado? 

Uma boa dica é apostar em brechós.
 Num bom brechó conseguimos achar roupas incríveis, que fizeram sucesso em
outras épocas e que agora voltam com força total. A onda do vintage, iniciada por
socialites e artistas contribuiu muito para que o tabu de loja de segunda mão fosse
quebrado. Já encontrei muitas coisas legais em brechós.
 A onda do vintage, iniciada por socialites e artistas contribuiu muito para que o tabu de loja de segunda mão fosse quebrado. Na mídia, vários artistas já assumiram não descartar
a ideia de consumir roupas e sapatos usados.
  Uma das vantagens dos brechós é a ausência de concorrência. Explica-se: cada
estabelecimento tem um estilo próprio que se reflete nas peças adquiridas pelos
lojistas e no público atingido que, segundo empreendedores do ramo, costuma ser fiel.
  O preço que das peças adquirem no brechó é bem atraente. Uma blusa da Patachou,
que custa R$300 quando nova, pode ser encontrada numa média de R$ 30. Uma
calça Diesel que custa na loja mil reais, é vendida a R$150, R$180. Um vestido de
festa, da Maria Bonita Extra, no valor de R$600, R$800, fica no custo de R$88 à
R$100. Um sapato da Arezo, que custe R$200, R$300, é vendido a R$28
  Um fator importante a ser considerado é a resistência que os brechós ainda
enfrentam por parte dos consumidores, comportamento que é reflexo da nossa
cultura, já que nos Estados Unidos e Europa, por exemplo, essas lojas já existem há anos e são muito bem aceitas.
 Existem vários tipos de Brecós e cada um se diferencia pelos preços e pelas organização. Abaixo listei alguns:
Brechó de igreja
Brechó de asilo
Brechó de orfanato
Brechó bagunça
Brechó Chic
Nesse vídeo Renata de Oliveira mostra suas peças de Brechó e Bazar Clique e assista.

Postagens mais visitadas